Escolha uma Página

EM OPOSIÇÃO AO PROJETO DE LEI 349/19, A 2ª EDIÇÃO DO PROJETO TODES ABRIU ESPAÇO PARA DEBATER O TEMA “TRANS NO ESPORTE”

nov 19, 2019 | Publicações

SSEX BBOX

SSEX BBOX

[SSEX BBOX] é um projeto de justiça social, lançado em 2011, que procura dar visibilidade às questões de gênero e sexualidade em São Paulo, São Francisco, Berlim e Barcelona, cujo objetivo é fornecer instrumentos para a expansão da consciência, reduzir o isolamento, facilitar a educação, estimular a criação de comunidades e questionar antigos conhecimentos sobre a sexualidade e gênero, focado na temática / população LGBTQIA+.

EM OPOSIÇÃO AO PROJETO DE LEI 349/19, A 2ª EDIÇÃO DO PROJETO TODES ABRIU ESPAÇO PARA DEBATER O TEMA “TRANS NO ESPORTE”

De autoria do deputado estadual Altair de Moraes (PRB),
o PL prevê que o “sexo biológico” seja o único critério
para a participação de atletas em competições oficiais
no estado de São Paulo, excluindo, portanto, pessoas trans
e travestis desta esfera.

“O número de atletas trans competindo no alto rendimento, e mesmo no amador, é muito pequeno em relação a atletas cisgêneros (cis). Mesmo assim alguns estados entraram com Projetos de Lei (PL) para impedir que atletas trans possam competir com o gênero que se identificam. Esse movimento ilustra bem o momento político delicado e de retrocessos que estamos vivendo no Brasil.”.  É desta forma que Leonardo Peçanha, professor de Educação Física, especialista em Gênero e Sexualidade, mestre em Ciências da Atividade Física, abre seu texto publicado esta semana, na coluna do Mídia Ninja.

Um dos assuntos que mais tem movimentando a comunidade LGBTQIA+, mais especificamente o público trans, é o PL do deputado estadual Altair de Moraes, do Republicanos, que prevê a exclusão de atletas transgêneros em competições estaduais profissionais. Com o objetivo de debater de maneira justa e transparente, o Projeto Todes trouxe para o debate em sua segunda edição a temática “Trans no Esporte”, e colocou diferentes pontos de vista em relação à questão, com convidades do próprio meio, além de especialistas em diversas áreas de atuação.

Diante do avanço do projeto de Lei na Alesp esta semana, o debate tem grande importância para a comunidade. “Acredito que nesse momento de tanto retrocesso, seja de suma importância que a comunidade trans se muna de conhecimento e informação. Essa é a nossa forma de resistir. Por isso é tão importante darmos visibilidade para este tipo de projeto.” afirma Matheus Vidal, idealizador do Projeto Todes.

O nome que batiza o projeto foi inspirado na criação do pronome ILE/DILE, criado pelo [SSEX BBOX], em 2015, com o “Manifesto ILE para uma comunicação radicalmente inclusiva”, e hoje se emprega na colocação para se tornar uma maneira mais inclusiva de se comunicar com pessoas não binárias e gênero fluído.

O ProjetoTodes surgiu quando o youtuber e ativista trans, Matheus Vidal, percebeu a necessidade de levar os debates acerca da transgeneridade para além do ambiente digital. Dessa forma, a iniciativa tem como objetivo ocupar espaços físicos em prol das pessoas trans, estimulando conversas, debates e troca de experiências a fim de democratizar as ideias e informações sobre a pauta.

Sobre o [SSEX BBOX] [SSEX BBOX] SEXUALIDADE FORA DA CAIXA é uma label de justiça social que busca oferecer perspectivas plurais sobre sexualidade e gênero a partir do relato das experiências de pensadores, educadores, ativistas, artistas e outras pessoas que vivem, aprendem e amam ‘fora da caixa’. O [SSEX BBOX] promove diversos movimentos no campo nacional e internacional, como a Marcha do Orgulho Trans de São Paulo, a Conferência Internacional no Brasil e no exterior e o [DIVERSITY BBOX] – programa corporativo do projeto dedicado a inclusão social e à promoção da diversidade no ambiente corporativo. Além da realização do case #Kiss4LGBTQRights premiado em Cannes e da exibição de documentários no Osaka University Queer Film Festival.

PRIMEIRA EDIÇÃO – PROJETO TODES
A primeira edição do projeto aconteceu no dia 01/09/2019 no Castro Burger, bar e lanchonete LGBTQI+ localizado na Vila Mariana (SP), e reuniu mais de 200 pessoas. Além das conversas e debates, o TODES também procura a cada edição captar recursos financeiros para grupos, ONGs ou instituições voltadas exclusivamente para o público trans. Nas duas primeiras edições, o escolhido foi o time Meninos Bons de Bola.

PARCERIA
@castro.burger
@meninosbonsdebolafc
@transtorepackers
@transludica
@SSEXBBOX