SSEX BBOX - Sexualidade fora da caixa

[SSEX BBOX] – SEXUALIDADE FORA DA CAIXA – é um projeto de justiça social que busca oferecer perspectivas plurais sobre sexualidade e gênero a partir do relato das experiências de pensadorxs, educadorxs, ativistas, artistas e outras pessoas que vivem, aprendem e amam ‘fora da caix(inh)a’.

Colabore!
Para desaprender o Queer dos trópicos: Stonewall não foi aqui

Para desaprender o Queer dos trópicos: Stonewall não foi aqui

Há uma narrativa corrente acerca de como queer emergiu no campo das micropolíticas contemporâneas, a partir da revolta de Stonewall Inn nos Estados Unidos, no fim dos anos 60-começo dos 70. Por essa perspectiva, antes de tornar-se um discurso teórico com respaldo acadêmico em escala global, queer marca uma posição política radical, que problematiza as normatividades sexual e de gênero no contexto das lutas por liberação que tiveram lugar nos Estados Unidos – e em outras partes do mundo – nesse mesmo período.

ler mais
TUPINIQUEENS

TUPINIQUEENS

Muito desse movimento aconteceu por causa do programa “RuPaul’s Drag Race” – um reality-show de Dragqueens surgido em 2009 que ascendeu o movimento das Drags de forma global. Com o estigma do desafio binário entre gêneros, o documentário mostra que esses não são os únicos desejos das personagens.

ler mais
Queer como Verbo

Queer como Verbo

Um dos aspectos que me fascina da palavra queer é a sua variedade de significados. Pode ser usada como um adjetivo, um pejorativo, um substantivo, uma identidade, uma orientação sexual e uma identidade de gênero (como na identificação genderqueer: gênero queer). Mas há uma utilização que deixou de ser comum: queer como um verbo. O que quer dizer to queer something ?

ler mais
O que positividade sexual é – e não é por Carol Queen, PhD

O que positividade sexual é – e não é por Carol Queen, PhD

Faz mais de 25 anos que uso o termo “sex positive” – ouvi o termo pela primeira vez quando me mudei para San Francisco nos anos 80 para obter o meu doutorado no Institute for Advanced Study of Human Sexuality (Instituto para Estudos Avançados em Sexualidade Humana). Imediatamente, tornou-se parte do meu vocabulário; eu fazia ativismo LGBTQ desde meados dos anos 70, o que incluía falar sobre homofobia, e o jeito como ‘‘sexo-positivo’ esclarece e ajuda a lidar com uma erotofobia mais ampla ficou imediatamente claro para mim quando ouvi o termo.

ler mais
Somos todos gays?

Somos todos gays?

Homens que curtem homens, mas que são héteros. Héteros passivos. G0ys. De tempos em tempos, a mídia, sobretudo facebookiana, tem nos presenteado com notícias desse tipo, alimentando debates infindáveis, que quase sempre chegam à mesma conclusão: homem que curte homem seria gay e, se assim não se apresenta, seria enrustido e viveria uma farsa.

ler mais
Laerte e Muriel: Linguagem e Sexualidade

Laerte e Muriel: Linguagem e Sexualidade

Fui convidada pela produção do SSEX BBOX para falar um pouquinho sobre a pesquisa que desenvolvo no Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) da UNICAMP, sobre as tirinhas de Laerte. Selecionei duas tirinhas para dar uma pequena amostra de como realizo a análise.

ler mais